Quem são os agentes influenciadores e capazes de uma mudança organizacional?


eng

Uma empresa, somente consiguirá atigir uma mudança cultural, quando parar de traçar estratégias baseadas em cenários e considerando apenas planos de fundos sem os principais atores. Os responsáveis por quaisquer mudanças que ocorram e que farão com que os objetivos propostos sejam atendidos serão as pessoas envolvidas na organização. Dessa forma, as ações devem ser focadas nelas, uma vez que, serão protagonistas de qualquer mudança almejada. Ressalto assim, a importância de se trabalhar o papel que cada uma desempenha frente as suas atividades e responsabilidades. Nenhuma mudança será significativa se não for interiorizada pelas pessoas que estão envolvidas. Nenhuma mudança será legitimada se não ouver a troca de idéias, opiniões e saberes feitas a partir dessas interiorizações, transmitida e realizada pelos relacionamentos. São dos relacionamentos que surgirá a sinergia das pessoas em busca de uma nova cultura ou próposito.

Uma vez que, não se consiga uma fluidez de novas idéias e propósitos em uma organização como um todo, é preciso identificar quais são os elos que manterão a sinergia para os novos propósitos. São estes elos que darão força e legitimação para as novas idéias aos demais envolvidos.  Quanto mais elos em uma organização, mais evidente estará o engajamento e mais sinergica estará a organização.

Neste contexto faço a pergunta….

Elos são líderes e os nossos líderes são os elos entre as propostas de organização e a efetivação das mesmas?

Se entendo por elo, aquelas pessoas que fazem parte da história da organização como protagonistas, tanto nas relações sociais quanto nos processos, sim elos são líderes.

Ser protagonista  vai muito além de garantir a execução de processos e garantir a disseminação das idéias propostas pelo alto comando da organização. Ser protagonista é possuir a capacidade de pontencializar as questões propostas, alinhando os conflitos e necessidades dos demais, na busca conhecimentos e práticas que aproximem sinergicamente todos os envolvidos.

Uma pessoa que é capaz de estimular novas idéias, potencializar o desenvolvimento dos que estão a sua volta e ainda possui uma relações social autentica e sincera, será capaz de envolver os demais no despertar para uma nova cultura ou mudança.

Acreditar que a maior influência em organização está nos líderes eleitos ou designidos para comandar os processos, pode ser um erro. A maior influência está nas pessoas que são capazes de alinhar valores pessoais, capazes de identicar uma necessidade e socializar/compartilhar desta necessidade, capazes de entender as manifestações de cultura comuns que extrapolam as prospotas pela organização.

Nem sempre nossos líderes agem como elos, ao passo que eles também precisam de outras pessoas para fazerem as relações e co-relações. Contudo, retomando a pergunta inicial do post: Quem são os agentes influenciadores e capazes de uma mudança organizacional? Entendo que:

Agentes de mudanças, protagonistas, influenciadores, serão todas aquelas pessoas que possuirem a capacidade de ouvir, entender, interiorizar as propostas organizacionais e que consigam estimular idéias alinhando o dia-a-dia da organização.

Uma vez que você é capaz de fazer este alinhamento, estas conexões de uma forma que as pessoas confiem no seu potencial, quaisquer ações propostas por você, fará com que novas idéias e construções surjam daqueles que estão a sua volta, pois você, se tornou o elo entre aqueles que são responsáveis pelas mudanças e aqueles que as idealizaram. Se tornar este elo é se tornar, indiretamente, um líder.

Se você quer ser um protagonista dentro de uma organização, se você quer estabelecer conexões e ser o elo entre as diversas partes interessadas, está na hora de sair da platéia e buscar mais relações. São as relações e como as usamos que definem o nosso papel dentro de uma organização.

Na próxima vez que lhe perguntarem, quem são os agentes influenciadores e capazes de uma mudança organizacional, pense que uma organização é feita de pessoas, das relações entre elas e da cultura estabelecida (indiferentemente de haver novas prospostas de mudança), se você acredita naquilo que faz, responderá que agente de mudança é você, se você não acredita, certamente pensará que o responsável por qualquer mudança são os outros.

E se você acredita que é um agente, é um influenciador e ao longo da sua tragetória tornou-se um elo nas suas relações, mas que não possui espaço para atuar como um tal, parabéns, você está vivendo o desafio de tornar-se um líder em meio ao ambiente corporativo! Se você já conseguiu se fazer ouvir, influenciar, potencializar o desenvolvimento daqueles que a sua volta estão, levando em consideração o respeito nas relações, a responsabilidade de cada um, o cuidado com os envolvidos no processo, parabéns, você naõ somente é um agente mudança capaz de influenciar na mudança de cultura de uma organização, mas também é um líder perante aqueles que a sua volta estão. Ser um líder perante a organização é um discussão um pouco mais profunda e certamente o grande desafio daqueles que buscam este reconhecimento, direta ou indiretamente.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s