Um olimpo que talvez você conheça


Sem Título-1 cópia

Por que busca-se os cargos daqueles que nos chefiam? Por que estamos dispostos a criticar, a questionar suas ações por que acreditamos que possuímos  idéias e ações melhores que a deles?

Talvez a resposta para estas perguntas poderiam ser respondidas pelo nosso sentimento de insegurança ou pela nossa natureza de ser de imediato contrário a uma nova ideia , de querer ser o mais forte, o mais capaz. Mas entre querer ser, e de fato ser, a uma distância gigantesca.

O fato é, por que buscamos ser melhores do que nossos líderes, gerentes ou chefes, buscando substituí-los.

Porém, por que não buscamos aprender com eles e juntos nos desenvolvermos e  trabalharmos focados nos objetivos comuns?

Será esta dúvida culpa das estruturas tradicionais de comando, onde somente um pode mandar e todos abaixo devem obedecer. Estrutura essa que mantém todos os potenciais talentos angustiados com suas lideranças. Provavelmente sim.

Mas um existe um ponto que acredito fortemente: Quanto mais próximos daqueles que nos chefiam, e melhor ainda se formos liderados, estivermos, mais oportunidades de entendermos o que lhes motivam, o que faz com que hajam de determinada maneira, teremos. E aos lhe entender melhor, não somente estaremos aprendendo, como também criando oportunidades para que eles melhorem.

Bom seria se pudéssemos nos aproximar de todos aqueles que de uma forma ou outra, estão hierarquicamente acima de nós e entender o por que de suas ações. Mas, como nem tudo que é bom efetivamente acontece, estive pensando em um conceito para descrever o afastamento dos nossos líderes/chefes, eis então que me ocorreu o seguinte pensamento, eles vivem em um Olimpo, o Olimpo dos Chefes.

No Olimpo dos Chefes, não é permitido a interação direta com os demais humanos, preferencialmente, use e-mails para falar com eles, pois eles não estão disponíveis em tempo integral. Não adianta fazer nenhuma espécie de sacrifício e nem rezar.

Ao estar neste Olimpo, há duas alternativas: 1)  Adoecer, deixar de ser receptivo e tornar-se autoritário. 2) Permitir-se.

Permitir-se de tal maneira, que ao sair do Olimpo e caminhar na terra de talentos, você não seja apontado como um estranho.  A receita para isto acontecer é simples: Alinhamento, Engajamento, Compartilhamento de expectativas e visões.

A possibilidade de adoecer seguir os antigos padrões também está disponível, e essa é a opção mais fácil. A receita para autoritarismo é simples, basta começar ignorando que você um dia foi um talento e que precisou de ajuda dos seus chefes.

Então questiono o que deveríamos estar buscando: Os cargos daqueles que nos chefiam ou o nosso destaque na terra que vivemos? Será que ainda cabe a nossa geração buscar um  lugar no Olimpo?

E se você hoje acredita estar em algum tipo de Olimpo de Chefes lembre-se de utilizar isto ao seu favor. Possuir uma visão mais macro é importantíssimo, mas é indispensável, sempre que possível, estar na terra de talentos, afinal, você também um dia precisou da orientação de algum morador do Olimpo, agora chegou a sua vez de ajudar e permitir-se.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Um olimpo que talvez você conheça

  1. Geração Y não acredita em deuses, acredita sim em parceiros! Já vivi essa realidade de Olimpo, mas não aguentei e cai fora. Hoje em dia estou numa realidade onde não existe Zeus jogando raios nos mortais, e sim existem heróis como Hércules e Odisseu lutando juntos para um mesmo ideal.

    Gostei bastante do texto, leva muito a pensar. E se alguém da geração Y quer chegar ao tal Olimpo, é justamente para ficar sentado olhando os mortais de cima jogando raio neles sem motivo aparente. Uma pena que não serão lembrados por atos de bravura igual aos heróis antigos…

  2. I’ve been exploring for a little for aany high-quality articles or blog osts on this kind of space
    . Explorinjg in Yahoo I finally stumbled upon this site. Reading this
    info So i am happy to convey that I have a very just right uncanny feeling
    I discovered just what I needed. I most certaimly
    will make certain to don?t fail to remember this websiute and provides it a glance regularly.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s